viernes, 14 de octubre de 2016

Vozes dissonantes na Reforma do Ensino Médio - ANPED

Em nota publicada na página da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, o Professor Carlos Artexes Simões, Mestre e Doutorando em Educação, alerta para o fato de que “a simples constatação e identificação do problema não torna qualquer proposta apresentada como capaz de promover a solução desejada. Constatar falhas é muito mais fácil do que promover soluções e algumas mudanças podem agravar ainda mais a situação inicialmente identificada, como mostra a história das diversas mudanças legais para o Ensino Médio no Brasil. Verdadeiras soluções são processuais e não resultam de decisões pontuais, midiáticas e imediatistas. A análise dos fenômenos educacionais é complexa e deve considerar suas dimensões conceituais, culturais, sociais e econômicas”. Ainda, "aprovar algo que ainda não foi definido completamente cria uma incerteza que impede uma alteração nos projetos pedagógicos que deverão ser adequados ao novo marco legal. Sem a definição da BNCC do Ensino Médio, a medida não realiza aquilo que promete, mas poderá produzir um movimento de mudanças movidas por razões de economicidade e visões conceituais reducionistas da formação humana”. CLIQUE AQUI e LEIA na íntegra.

SIMÕES, C. A. Vozes dissonantes na Reforma do Ensino Médio. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED). Disponível em: <http://www.anped.org.br/news/vozes-dissonantes-na-reforma-do-ensino-medio>. Acesso em 30 out. 2016.

jueves, 13 de octubre de 2016

Artigo: O professor de línguas e a suma importância do seu entrosamento na política linguística do seu país (Rajagopalan)

É imprescindível observar que “o professor de línguas não pode e não deve abrir mão de seu direito e de sua responsabilidade de tentar influenciar as decisões tomadas nas mais altas esferas do poder político [sobretudo] as implicações políticas da profissão que ele exerce” (RAJAGOPALAN, 2014, p. 81).

RAJAGOPALAN, K. O professor de línguas e a suma importância do seu entrosamento na política linguística do seu país. In: CORREA, D. A. (org.) Política linguística e ensino de língua. Campinas: Pontes, 2014. p. 73-82. CLIQUE AQUI e leia a Resenha do referido Livro.

miércoles, 12 de octubre de 2016

O Monolinguismo Linguístico reforçado na MP 746/2016

A proposição de um MONOLINGUISMO linguístico assegurado pela Medida Provisória 746/2016 vai na contramão da maioria dos países que acertadamente planejaram incentivar a aprendizagem de línguas e promover a diversidade linguística na sociedade” (COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS).

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Quadro Estratégico para o Multilinguísmo. Bruxelas, 22 nov. de 2005. Disponível em: . Acesso em 30 out. 2016. CLIQUE AQUI e leia na íntegra.

lunes, 10 de octubre de 2016

A situação da oferta (2005-2015) do Ensino de LEM-Espanhol na Rede Pública Estadual/Federal de Educação Básica no Estado do Paraná

WOGINSKI, G.; COSTA, L. J. de M. e. A situação da oferta (2005-2015) do Ensino de LEM-Espanhol na Rede Pública Estadual/Federal de Educação Básica no Estado do Paraná. In: BARROS, Cristiano; COSTA, E.; GALVÃO, J. (Orgs.). Dez anos da “Lei do Espanhol” (2005-2015). Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2016. p. 423-469. Disponível em: . CLIQUE AQUI

miércoles, 5 de octubre de 2016

STF recebe nova ADI contra medida provisória que institui Reforma do Ensino Médio

STF recebe nova ADI contra medida provisória que institui reforma do ensino médio
A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) ajuizou Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5604) no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando a Medida Provisória 746/2016, que institui a “Reforma do Ensino Médio”. A ação foi distribuída, por prevenção, ao ministro Edson Fachin, relator da ADI 5599, ajuizada pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) com o mesmo propósito. LEIA MAIS...

sábado, 1 de octubre de 2016

Implantação da Subseção da APEEPR no município de Ponta Grossa/PR

O Presidente da Associação de Professores de Espanhol do Estado do Paraná (APEEPR), Profº Gilson Rodrigo Woginski, a Tesoureira da DGE/APEEPR, Profª Valdirene Ramos Mendes e a Diretora de Desenvolvimento e Formação da DGE/APEEPR, Profª Ligia Paula Couto, participaram no dia 01/10/2016, da Implantação da Subseção da APEEPR no município de Ponta Grossa/PR. A DGE/APEEPR certamente está mais fortalecida com esta Ação. Adelante, siempre!