jueves, 22 de septiembre de 2016

Governo anuncia mais retrocessos na educação pública do Paraná. Alterações na hora-atividade e distribuição de aulas foram comunicadas pelo Governo

Alterações nos critérios da distribuição de aulas – a secretária da educação, Ana Seres Trento Comin, anunciou que não serão atribuídas aulas extraordinárias e a professores(as) PSS  que somaram 30 dias ou mais de afastamento por qualquer motivo nos últimos 3 meses de 2016. Também anunciou um novo critério para a distribuição das aulas: tempo maior de exercício em instituição de ensino nos últimos 5 anos e com menos dias de afastamentos (mesmo os legais como licença médica).
Alterações na atribuição de hora-atividade – o governo Beto Richa anunciou a redução da hora-atividade. A secretária anunciou que para cada 20 aulas distribuídas, somente 5 serão como hora-atividade. Hoje são 7, em cumprimento ao Plano de Carreira da Categoria e ao estabelecido na Lei do Piso Salarial Profissional Nacional.  LEIA MAIS

No hay comentarios:

Publicar un comentario