martes, 4 de agosto de 2009

Encontro entre o Ministério da Educação e o Instituto Cervantes

Vice-presidente da Espanha vem a Brasília testemunhar acordo entre o Ministério da Educação e o Instituto Cervantes

segunda-feira, 3 agosto, 2009 20:52

Nesta próxima terça-feira, dia 04 de agosto, às 9 horas da manhã, acontecerá no Instituto Cervantes de Brasília a cerimônia que firmará a Carta de Intenção entre o Instituto Cervantes e o Ministério da Educação do Brasil. Para o evento estarão presentes a vice-presidente primeira do Governo da Espanha María Teresa Fernández de la Vega, o embaixador da Espanha Carlos Alonso Zaldivar, a Diretora Geral do Instituto Cervantes Internacional Carmen Caffarel, o Diretor do Instituto Cervantes de Brasília Manuel Lombao, e o Ministro da Educação Fernando Haddad. Esta carta tem o intuito de aperfeiçoar professores e alunos de espanhol no Brasil, por meio das ferramentas de ensino à distancia, via Internet, oferecido pelo próprio Instituto Cervantes.

De acordo com a lei 11.161, sancionada pelo presidente Lula em agosto de 2005, a partir do ano que vem as escolas de ensino médio serão obrigadas a oferecer aulas de espanhol aos seus alunos. A implementação da lei exigirá que o Brasil conte, até 2010, com um contingente de mais de 26 mil professores de espanhol aptos a ensinarem a língua espanhola nas escolas.

As vésperas de esta nova lei entrar em vigor, muitas pessoas começaram a procurar por cursos profissionalizantes em língua espanhola para se formarem e se tornarem aptos a darem aulas de espanhol, candidatando-se assim a estas novas vagas. "O mercado de trabalho para esta categoria aumentará, e quanto mais qualificado for o profissional, melhor será para ele garantir sua vaga. Por isso, um curso completo se torna importante", diz Manuel Lombao, diretor do Instituto Cervantes de Brasília. Com nove centros, nas cidades de Brasília, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis, e Belo Horizonte, o Brasil é o país com maior número de sedes do Instituto Cervantes no mundo e o número de estudantes cresce dia a dia, ressaltou Lombao.

Aprender esse idioma é mais fácil do que pensamos, basta ter atenção e dedicação. Pensando em auxiliar os estudantes o Instituto Cervantes desenvolveu as ferramentas de ensino à distancia, via Internet, oferecido pelo próprio Instituto.

O Instituto Cervantes, do governo espanhol, referência mundial na difusão da cultura hispânica, é a maior instituição do mundo dedicada ao ensino do espanhol. Atualmente. possui 70 centros distribuídos em mais de 50 países de cinco continentes. Seu plano curricular baseia-se nos princípios do Quadro Comum Europeu de Referência (QCER) para o estudo e avaliação de idiomas, que garante o reconhecimento dos estudos lingüísticos no âmbito da União Européia e áreas de influência. E ainda, é possível fazer a preparação para a obtenção do Diploma de Español como Lengua Extranjera (DELE), título oficial outorgado pelo Ministério de Educación y Deporte de España que certifica o grau de competência e domínio do idioma, reconhecido mundialmente. Por isso encontra-se à frente do ensino do espanhol no mundo.

Carmen Caffarel, diretora internacional do Instituto Cervantes, destaca a contribuição da instituição para o conhecimento mútuo entre Brasil e Espanha durante os mais de dez anos de atividades da entidade em território brasileiro. "O Instituto soube incentivar o diálogo intercultural e o conhecimento mútuo. É a forma mais interessante de se
aproximar de outro país. O Instituto Cervantes é muito mais que uma escola de idiomas, é uma extensão da cultura castelhana".

Em sua última viagem ao Brasil, Carmen Caffarel esteve reunida com com os ministros da Educação, Fernando Haddad, o da Cultura, Juca Ferreira, e com o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda no qual discutiram a possibilidade de um acordo para que o Instituto ajude em cursos de aperfeiçoamento de língua espanhola para professores do ensino médio.

Dentre as várias línguas faladas, o espanhol se destaca, é a segunda língua nativa mais falada no mundo e a primeira mais falada nas Américas.

Segundo o diretor em Brasília, Manuel Lombao, além dos cursos de espanhol oferecidos, o Instituto Cervantes atua na promoção de ações culturais, como exposições de arte, apresentações de dança, concertos eruditos e populares. No mês de agosto, os brasilienses poderão prestigiar a seguinte agenda: Festival Animadrid de animação espanhola, exposição de cartazes e filmes da Guerra Espanhola (1936-1939), o projeto musical Guitarrísimo, o 8o Seminário de Arquitetura Docomomo Brasil, e a Oficina de vídeos espanhóis - maiores informações seguem abaixo.

A sede do Instituto é localizada em Madri, região próxima à cidade natal de Miguel de Cervantes, autor de Dom Quixote de La Mancha. O Rei da Espanha Juan Carlos I é o presidente de honra do Conselho do Instituto.

Em Brasília o Instituto Cervantes fica na SEPS 707/907 s/n lt D - Brasília - DF.
Cerimônia de Parceria entre Brasil e Espanha
com as presenças da vice-presidente primeira do Governo da Espanha María Teresa Fernández de la Vega, o embaixador da Espanha Carlos Alonso Zaldivar, a Diretora Geral do Instituto Cervantes Internacional Carmen Caffarel, o Diretor do Instituto Cervantes de Brasília Manuel Lombao, e o Ministro da Educação Fernando Haddad.
Data: 04 de agosto de 2009
Hora: 9 horas da manhã
Local: Instituto Cervantes de Brasília - SEPS 707/907 s/n lt D - Brasília - DF

Cris Cavalli

Texto disponível em: <http://www.farolcomunitario.com.br/df_000_0446.htm>. Acesso em: 04 ago. 2009.

A realização do evento está presente na agenda do Ministério da Educação do Brasil que pode ser visualizada no seguinte endereço eletrônico:

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=7&Itemid=190

No hay comentarios:

Publicar un comentario